Ads Top

Bolsonaro assina decreto que exclui incentivo ao "turismo gay" no país até 2022


Início da matéria
Bolsonaro assina decreto que exclui incentivo ao "turismo gay" no país até 2022
Foto/Reprodução: Google

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, assinou um decreto na última quarta-feira (15) autorizando o Plano Nacional de Turismo, porém, com um detalhe: excluindo do texto o incentivo ao turismo gay.

O novo plano foi publicado no Diário Oficial da União. Anteriormente, o texto elaborado na gestão do ex-ministro do Turismo, Marx Beltrão, e assinado pelo ex-presidente Michel Temer, havia a previsão de "sensibilizar o setor para a inclusão das pessoas idosas e do público LGBT no turismo".



Já o novo texto não trás menção ao público LGBT, mas apenas aos idosos, tendo como objetivo agora "sensibilizar o setor de turismo para a inclusão das pessoas idosas", sem, portanto, nenhuma menção ao público gay.

A decisão faz jus ao que o presidente Bolsonaro já havia declarado em abril passado, durante um café da manhã com jornalistas. Ele explicou que possui um perfil conservador e que a sua eleição foi em decorrência disso, declarando, por fim, que “o Brasil não pode ser um país do mundo gay, de turismo gay. Temos famílias”.



Tecnologia do Blogger.
close