Ads Top

Bolsonaro: "Quem defende fechamento do STF e do Congresso está na manifestação errada"


Início da matéria

O presidente Jair Bolsonaro já declarou que apoia as manifestações marcadas para o próximo dia 26 em vários estados do Brasil, mas fez questão de lembrar na manhã desta quinta-feira (23) que a pauta dos manifestantes não deve se voltar contra a independência dos três poderes.

A declaração do presidente foi dada durante um café da manhã com jornalistas, segundo informações da rádio Band News. "Quem defende o fechamento do Supremo Tribunal Federal e do Congresso Nacional está na manifestação errada", disse ele.



O presidente falou ainda que "essa pauta está mais para Maduro", querendo dizer que esse interesse (de fechamento dos poderes) é comum em regimes ditatoriais, ao se referir ao ditador socialista Nicolás Maduro.

Bolsonaro e alguns ministros passaram cerca de um hora, na manhã desta quinta-feira, reunidos com jornalistas convidados de portais, rádio e televisão. Depois, o presidente teve uma reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da FCA Fiat, Michael Manley Chrysler Automobiles, informou o Estado de Minas.



A declaração de Bolsonaro é importante, porque afasta a possibilidade de radicalização nas manifestações, o que não seria bom para a imagem do governo. Alguns críticos da manifestação usam exatamente o pedido de fechamento do STF e do Congresso, que partem de alguns mais radicais, como justificativa para se opor.

Outra decisão importante de Jair Bolsonaro é a de não aparecer nas manifestações. Isso certamente criaria uma imagem negativa contra os parlamentares que são alvos dos protestos e também contra a oposição, já que a figura do presidente da República deve contemplar a todos, independentemente das divergências políticas.
Tecnologia do Blogger.
close