Ads Top

Liberdade ameaçada - Ministros do STF decidem criminalizar a "homofobia" no Brasil


Início da matéria
Liberdade ameaçada - Ministros do STF decidem criminalizar a "homofobia" no Brasil

BRASÍLIA, 23 de maio (R7) - O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria nesta quinta-feira (23) para declarar omissão do Congresso Nacional no enfrentamento da discriminação contra a população LGBTI e enquadrar a homofobia e a transfobia como uma forma de racismo.

Dos 11 ministros, seis já votaram a favor da criminalização. Após os ministros Rosa Weber e Luiz Fux votarem nesta quinta-feira para enquadrar homofobia e transfobia como racismo, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, encerrou a sessão e anunciou que a discussão do tema será retomada em 5 de junho.


O julgamento foi acompanhado pela cantora Daniela Mercury e sua esposa, Malu Verçosa, que se reuniram com Toffoli na noite da última quarta-feira (22) e pediram que o julgamento fosse realizado nesta quinta. Segundo integrantes da Corte, o apelo da cantora influenciou a decisão de Toffoli de retomar o julgamento, apesar da pressão de parlamentares da frente evangélica contra o avanço da discussão no tribunal.

Comentário:

Em seu voto, o ministro Luiz Fux citou dados sobre casos de homofobia no Brasil que já foram desmontados pela Liga Humanista Secular do Brasil (LIHS), a qual inclui representantes da própria comunidade LGBT, onde foi revelado que 88% dos registros sobre "homofobia" no Brasil são falsos!


A decisão do STF abre um precedente que coloca em risco a liberdade de opinião no Brasil, por várias razões já detalhadas ao longo dos anos pelo Opinião Crítica, como você pode observar também aqui.

Infelizmente, grande parte da população não se deu conta da gravidade de tal medida, por isso miniminiza os efeitos dessa decisão, mas a verdade é que este é o primeiro passo para a implantação de uma ditadura da opinião nas esferas política, religiosa, científica, moral e filosóficas como nunca antes visto no Brasil.

Comentário: Will R. Filho
Tecnologia do Blogger.
close