Ads Top

[Vídeo] Ciro Gomes pede à militância para chamar Bolsonaro de "assassino"


Início da matéria
[Vídeo] Ciro Gomes pede à militância para chamar Bolsonaro de "assassino"

O ex-candidato à presidência da República, Ciro Gomes, gravou uma live com políticos da esquerda, onde discutiram medidas de oposição ao atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro.

Na ocasião, Ciro foi enfático ao utilizar repetidamente o termo "Bolsonaro assassino" para se referir ao presidente. No contexto, o irmão do senador Cid Gomes - que este ano tentou furar um bloqueio de manifestantes com uma retroescavadeira, no Ceará - falava do combate à pandemia do novo coronavírus.

"Uma luta em alta voz é 'Bolsonaro assassino, compre os respiradores; Bolsonaro assassino, habilite as UTIs; Bolsonaro assassino, compre os testes; Bolsonaro assassino, tem que fazer mais hospitais de campanha', isso é o que nós temos que fazer agora", afirmou Ciro.

A declaração de Ciro se trata de uma acusação caluniosa, conforme tipifica o Artigo 138 do Código Penal, que define como crime: caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime: Pena – detenção, de 6 (seis) meses a 2 (anos), e multa.

O desrespeito do ex-candidato à presidência e o tom arrogante para com o presidente da República demonstram o "ódio do bem" a que ele e outros ligados à esquerda parecem nutrir contra o governo, não por haver razões justificáveis do ponto de vista criminal, de fato, mas apenas por interesses políticos, o que é lamentável. Veja abaixo:

Tecnologia do Blogger.
close