Ads Top

Camargo: "O 'empoderamento' de minorias identitárias não nos levará a lugar algum"


Início da matéria
Camargo: "O 'empoderamento' de minorias identitárias não nos levará a lugar algum"

O novo presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, vez e outra faz questão de demonstrar que não é todo negro que pensa conforme os ideais da esquerda no Brasil.

Em mais uma publicação feita nas redes sociais, Camargo criticou o que para ele seria a nova senzala cultural, ligando à alienação ideológica ao que muitos ativistas enxergam como "empoderamento identitário" das minorias.

"Parem de falar o tempo todo em raça ou cor e comecem a falar do que realmente importa: trabalho, estudo e valores. O racialismo e o 'empoderamento' de minorias identitárias não nos levará a lugar algum. Negros, digam não ao progressismo e sim ao Brasil. Só a união constrói!", afirmou Camargo.

Para Camargo, alguns negros "escolheram viver como escravos da esquerda e lutam por permanecer na senzala ideológica".

Críticas ao movimento negro


Não é a primeira vez que Sérgio Camargo critica duramente o movimento negro no Brasil. Para ele, a esquerda aparelhou de tal forma o ativismo negro no país que o movimento se tornou um "braço" da sua agenda.

“O movimento [negro] é braço político da esquerda, não representa os negros honrados do Brasil (vasta maioria) e defende pautas que nós, cidadãos de bem, repudiamos”, disse ele em outra ocasião, segundo o Opinião Crítica.
Tecnologia do Blogger.
close