Ads Top

Enquanto bolsonaristas são alvos da PF, onde está a ministra dos Direitos Humanos?


Início da matéria
Enquanto bolsonaristas são alvos da PF, onde está a ministra dos Direitos Humanos?
Damares Alves e Sara Winter são próximas. Reprodução: Google

Enquanto o país vive um momento de tensão por causa do claro conflito entre os Poderes Executivo e Judiciário, e apoiadores do governo são alvos de mandados de busca e apreensão, a pergunta que chama atenção de muitos é: onde está a ministra dos Direitos Humanos?

Não é estranho o fato da ministra responsável pelo órgão que, entre outros, cuida justamente da garantia dos direitos humanos no país, ainda não ter se pronunciado abertamente sobre o atual momento envolvendo apoiadores do governo e, pasmem, uma das suas "filhas", a Sara Winter?

Para quem não sabe, ou não recorda, Sara Winter possui estreito relacionamento com Damares Alves. Durante às eleições de 2018, a ministra chegou a chamar à ativista de "filha", obviamente por considerá-la muito próxima, razão pela qual lhe nomeou como coordenadora das políticas de maternidade da sua equipe, segundo a Folha.

Sara não faz mais parte da equipe de Damares Alves, mas foi por causa dessa proximidade, também, que a deputada Janaína Paschoal fez um apelo à ministra, pedindo que ela moderasse a sua amiga ativista diante da iminência da sua prisão, o que terminou se concretizando na última segunda-feira (15).

"Amados, alguém que tenha alguma influência sobre Sara Winter, um político, um familiar, um amigo de infância... precisa ir lá no tal acampamento conversar com ela. Seja pela situação pessoal dela, que já foi alvo de uma busca e segue em um comportamento de confronto", escreveu Janaína.

"Ministra Damares, sei que a Senhora é próxima a Sara. Por favor, peça para ela voltar para casa. Além de se prejudicar, ela está prejudicando a imagem do Governo, que já não é boa", disse a deputada em sua conta no Twitter.

De olhos fechados?


Evidentemente, o questionamento feito nessa matéria não cobra de Damares Alves uma intervenção ou manifestação que vá de encontro ao que é devidamente legal no campo jurídico. Se houve, de fato, o crime de ameaça, os responsáveis precisam responder por isso.

Contudo, inúmeros questionamentos estão sendo feitos diante do inquérito que apura o suposto financiamento de manifestações supostamente "antidemocráticas", o qual envolve, também, não só a Sara Winter como outros bolsonaristas, incluindo deputados federais.

Esperava-se que, no mínimo, Damares Alves fizesse questão de demonstrar que acompanha a evolução desses processos, estando de olhos bem abertos diante de possíveis abusos contra os direitos dos envolvidos, e não de olhos fechados, como faz parecer ao se manter em "silêncio".

Finalmente, sobre a pergunta: onde está a ministra dos Direitos Humanos? Uma consulta feita minutos atrás (20:30 / 17/06/2020) parece oferecer a resposta:
Damares Alves realiza ações em Manaus. Reprodução: Google
Damares Alves realiza ações em Manaus. Reprodução: Google

Tecnologia do Blogger.
close