Ads Top

Ex-MBL combina entrevista para falar do movimento: "As coisas descambaram"


Início da matéria
Ex-MBL combina entrevista para falar do movimento: "As coisas descambaram"

O Movimento Brasil Livre (MBL) foi um dos que integraram a "onda conservadora" [de direita] entre os anos 2013 e 2018, culminando na derrota da esquerda nas eleições daquele ano e a eleição do atual presidente, Jair Messias Bolsonaro.

Todavia, muita coisa mudou desde então, despertando a crítica de muitos e também o desligamento de velhos integrantes. Um desses é Paulo Filippus, que esta semana poderá conceder uma entrevista para o jornalista Rodrigo Constantino.

"Paulo, de fato passei a ficar + atento após aquela postagem sobre o Holiday, e tenho interesse em conversar sim. Sei que vc, como um dos fundadores, é ou era próximo dos irmãos centralizadores. E por isso mesmo gostaria de ouvir seu ponto sim. Inclusive se quiser numa entrevista!", escreveu Constantino em seu perfil no Twitter.

"Rodrigo, entrei e saí do movimento (como poucos) de cabeça erguida. Era até ontem um fiel apoiador, mesmo de fora, mas as coisas descambaram tanto, que passei a criticar publicamente por isso. Mas não tenho nada a esconder. Falo contigo quando e como quiseres", respondeu Paulo.

Em sua página no Twitter, Paulo questiona uma das principais figuras do MBL, o vereador Fernando Holiday.

"Quem sente pena de ti sou eu, Fernando. Me lembro bem do dia que discutíamos no grupo do movimento se 'pegaria bem' você bancar o católico, sendo gay. Lembra desse dia? Eu não só lembro, volta e meia fico aqui RELENDO as nossas coisas daquela época. Quem foi mesmo que decaiu?", questionou Paulo ao marcar o parlamentar. Confira:
Tecnologia do Blogger.
close