Ads Top

Advogado que chamou Bolsonaro de "genocida" em debate é afastado da CNN


Início da matéria
Advogado que chamou Bolsonaro de "genocida" em debate é afastado da CNN

A rede CNN Brasil afastou nesta quinta-feira (16) o advogado Marcelo Feller do programa O Grande Debate. A iniciativa surgiu após ele chamar o presidente da República, Jair Bolsonaro, de "genocida" durante um debate com o comentarista Caio Coppolla.

Marcelo Feller tentou contextualizar a sua fala, atribuindo a responsabilidade da acusação a uma pesquisa e à redução do termo "genocida" ao ambiente político, e não jurídico.

Todavia, isso não foi suficiente para afastar a sua própria responsabilidade na replicação de uma ideia que, em última instância, foi explicitada por ele ao dizer que "não é o exército que é genocida, é o próprio presidente".

“É errado juridicamente falar em genocídio? Sim. Mas social e politicamente, como chamar alguém que é diretamente responsável por pelo menos 7 mil mortes. Não sou eu que estou falando. É o estudo da Universidade de Cambridge e da FGV. Não é o exército que é genocida, é o próprio presidente, politicamente falando”, declarou o advogado.

O afastamento do advogado teria sido, de fato, em consequência desse episódio, segundo a jornalista Mônica Bergamo. Com a saída de Feller, este é o terceiro nome que deixa "O Grande Debate" com Caio Coppolla.

Antes, saíram os também advogados Gabriela Prioli e Augusto de Arruda Botelho, mas por iniciativa de ambos, segundo o Notícias da TV. Assista abaixo:


Tecnologia do Blogger.
close