Ads Top

PF faz super operação contra chefão do tráfico e bloqueia R$ 300 milhões em bens


Início da matéria

André Mendonça usa órgão oficial do Ministério da Justiça para monitorar  opositores de Bolsonaro

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (27) a Operação Pavo Real, cumprindo mais de 60 mandados de busca e apreensão contra suspeitos de integrar uma organização criminosa de tráfico internacional na fronteira entre Brasil e Paraguai.


A operação ocorreu no Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Santa Catarina e São Paulo. Foram cumpridos 21 mandados judiciais de prisão, além do bloqueio de mais de R$ 300 milhões de reais em bens, segundo o ministro da Justiça, André Mendonça.


"Não mediremos esforços no combate ao crime organizado! Excelente trabalho da @policiafederal com @depenmj e @ReceitaFederal contra org. criminosa dedicada ao tráfico internacional de drogas. Mais de R$ 302 mi em bens bloqueados, além de sequestro de imóveis e veículos de luxo", escreveu o ministro em sua rede social.


Em nota, a Polícia Federal (PF) informou, sem mencionar nomes, que o principal alvo da investigação “é mundialmente conhecido pelo seu envolvimento com o tráfico internacional de drogas e também de armas”, já tendo sido preso no Paraguai, de onde foi expulso em 2017, quando passou a cumprir pena em estabelecimentos prisionais federais do Brasil.


Segundo informações da Agência Brasil, no entanto, o principal da operação é Jarvis Parvão, que cumpre pena na Penitenciária Federal de Brasília, possui ligação com a facção Primeiro Comando da Capital (PCC) e é considerado um dos grandes nomes do tráfico internacional.


Tecnologia do Blogger.
close