Ads Top

Bolsonaro critica Doria ao falar de vacina: "Tá se intitulando o médico do Brasil"


Início da matéria

Bolsonaro critica Doria ao falar de vacina: "Tá se intitulando o médico do Brasil"


O presidente Jair Bolsonaro mandou uma indireta bastante afiada para o governador de São Paulo, João Doria, ao defender a vacinação voluntária contra o novo coronavírus, além de fazer uma crítica ao tucano por causa da sua defesa da obrigatoriedade da vacina.


Bolsonaro a firmou que Doria está "se intitulando o médico do Brasil" ao se pronunciar sobre a vacina e defender a sua obrigatoriedade. Ao falar para apoiadores no Alvorada, o presidente garantiu que o medicamento não será obrigatório.


Na sexta-feira, Doria afirmou que “em São Paulo será obrigatório [a vacinação], exceto quem tenha orientação médica e atestado que não pode tomar. E adotaremos medidas legais se houver contrariedade nesse sentido."


Bolsonaro então fez uma publicação dizendo que a vacina não poderá ser obrigatória: “Apesar do art. 3º, inciso III, letra ‘d’, da Lei 19.979/20, prever que o poder público poderá determinar a realização compulsória da vacinação, o governo federal não vê a necessidade de adotar tais medidas nem recomendará a sua adoção por gestores locais", afirmou.


Hoje, porém, o presidente além de voltar a defender a voluntariedade sobre o uso da vacina chinesa, também ironizou João Doria. Assista:



Tecnologia do Blogger.
close