Ads Top

Candidato em SP: "Querem tirar até o direito de escolher qual vacina tomar"


Início da matéria
Candidato em SP: "Querem tirar até o direito de escolher qual vacina tomar"


Às eleições de 2020 estão longe de ser consideradas normais, visto que a pandemia do novo coronavírus tem influenciado a percepção do eleitor com relação aos seus candidatos. Exemplo disso é a crítica feita por alguns deles ao governador de São Paulo, João Doria, que defendeu recentemente a obrigatoriedade da vacina chinesa, a coronavac.


Ricardo Santi, mais conhecido como "Reacionário de Topete", candidato a vereador em São Paulo, se manifestou com relação ao suposto apoio dado pelo Movimento Brasil Livre ao governador João Doria no tocante ao coronavac.


"Querem nos tirar até o direito de escolhermos qual vacina tomar", escreveu o candidato. "Que liberalismo é esse, que tem a palavra 'livre' no nome, mas quer tomar a nossa liberdade?."


Bolsonarista, além de criticar o governador Doria, o candidato a vereador já criou polêmica ao defender que os usuários de drogas como a maconha sejam multados caso utilizem tais substâncias em espaços públicos.


"Veja bem, se o poder público pode punir um cidadão de bem, um trabalhador, pelo simples fato de ele estar andando na rua sem máscara, por que não punir um maconheiro que está fumando a sua maconha na porta da casa de um cidadão de bem?", pergunta Santi.



Tecnologia do Blogger.
close