Ads Top

Paulo Betti diz que Adélio cravou faca em Bolsonaro de forma "mais ou menos correta"


Início da matéria
Paulo Betti diz que Adélio cravou faca em Bolsonaro de forma "mais ou menos correta"
Imagem meramente ilustrativa. Reprodução: Google/montagem


Participando de um ciclo de entrevistas organizado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o ator Paulo Betti acabou fazendo uma declaração envolvendo o presidente Jair Bolsonaro que não soou nada bem diante dos ouvidos mais atentos.


Ao ser questionado sobre a suposta posição do governo com relação à cultura e à ciência, o ator deu a entender que a facada dada por Adélio Bispo de Oliveira em Bolsonaro no ano de 2018, em Minas Gerais, poderia ter sido mais eficaz se fosse melhor acertada.


“Temos que reconhecer que em algum momento falhamos muito, porque se tivéssemos plantado alguma coisa sólida ela não se desmanchado de uma forma tão fácil. É cruel porque tem os deuses também, tem o imponderável, tem a facada no peito, no meio da multidão", disse ele, insinuando reações supostamente involuntárias diante do atual cenário.


"Isso aí não estava previsto. Ninguém tinha previsto que ia aparecer um maluco e golpear a camisa amarela onde estava escrito ‘Brasil acima de tudo’ e ali ia cravar uma faca de uma maneira mais ou menos correta, mas não total", completou a rádio Itatiaia.


A fala do ator repercutiu, pois a impressão tida por muitos foi a de que Betti realmente insinuou que a facada poderia ter sido mais "correta", mas no sentido de mais certeira, atingindo o objetivo de matar o então candidato Jair Bolsonaro.


O filho do presidente, Carlos Bolsonaro, comentou a fala do ator: "Quem mandou matar Bolsonaro? Qualquer um sabe que foi um ex-integrante do PSOL, então outros vão surgindo e mostrando todo seu 'amor', como Álvaro Dias e afins. Hoje surge mais um, cujo passado dispensa qualquer comentário a mais! Autoridades, os senhores estão por aí?". Assista abaixo:


Tecnologia do Blogger.
close