Ads Top

"Pessoa armada é respeitada", diz Bolsonaro ao defender armamento no Brasil

"Pessoa armada é respeitada", diz Bolsonaro ao defender armamento no Brasil


O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a flexibilização da compra de armas no Brasil, justificando a sua visão como uma necessidade de segurança e também de respeito perante potenciais criminosos.


Bolsonaro comentou com apoiadores na saída do Alvorada nesta sexta-feira (27) que o governo já fez a sua parte ao assinar um decreto facilitando a compra de armamentos, e que o cidadão deve respeitar as regras atuais da lei no país.


"Fizemos decreto, instrução normativa. Mas o decreto não pode ir além da lei. Uma arma legal dá tranquilidade. Eu mesmo aqui, com segurança, eu durmo armado. Quando não era presidente, também dormia armado", afirmou o presidente.


Bolsonaro ainda rebateu os críticos que alegam ser mais perigoso ter uma arma em casa, dizendo que, na verdade, o armamento aumenta a proteção. "O pessoal fala que mata, (mas) salva vidas. Pessoa armada é respeitada", destacou.

Tecnologia do Blogger.
close