Ads Top

Deputado federal diz que João Doria é um "estelionatário de vacinas"


Início da matéria
Deputado federal diz que João Doria é um "estelionatário de vacinas"


A repercussão de 50,38% de eficácia geral da vacina CoronaVac ainda está causando forte repercussão negativa entre os críticos da "vacina chinesa", bem como do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que chegou a ser acusado por um deputado federal de ser "estelionatário de vacinas".


"Dória e Mácron formam dupla de embusteiros. Um é estelionatário de vacinas; o outro estelionatário do meio ambiente", afirmou o deputado federal Sanderson em sua rede social. Segundo o parlamentar, a CoronaVac "não funciona".


Ainda se referindo a Doria e ao presidente francês Emmanuel Macron, que criticou a produção de soja no Brasil, acusando o país de fazer isso ao custo do desmatamento florestal, o deputado apontou contradição do europeu por causa da degradação ambiental em seu próprio país.


Sanderson disse que "um vende vacina que não funciona; o outro crítica o Brasil por desmatamento, mas na Guiana Francesa o desmatamento e a mineração ilegal correm frouxo!"


Eficácia da CoronaVac

A taxa de 50,38% de eficácia da vacina CoronaVac, segundo o instituto Butantã, está acima do recomendado pela Organização Mundial de Saúde em termos de eficácia, que é 50%. 


A eficácia geral é medida, durante os testes da vacina, comparando-se a quantidade de todos os casos (leves, moderados ou graves) que foram registrados de covid-19 entre os voluntários que foram vacinados e os voluntários que receberam placebo, segundo a Agência Brasil.


Segundo o Butantan, a vacina garantiu proteção total contra casos graves e mortes provocadas pela doença. Nesse caso, sua eficácia foi de 100%, mas o número corresponde ao teste realizado com apenas 7 pessoas, o que é considerado um número insuficiente estatisticamente para esse tipo de estudo. Nenhum voluntário que tomou a vacina morreu ou precisou de internação. 

Tecnologia do Blogger.
close