Ads Top

"Meu Exército não vai para a rua para obrigar o povo a ficar em casa", diz Bolsonaro

"Meu Exército não vai para a rua para obrigar o povo a ficar em casa", diz Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (08) que não irá decretar um lockdown nacional no Brasil e garantiu que as Forças Armadas não irão atuar neste sentido. A declaração foi dada para um grupo de apoiadores na saída do Palácio do Alvorada.


"Vou só dar um recado aqui: ​alguns querem que eu decrete lockdown. Não vou decretar. E pode ter certeza de uma coisa: o meu Exército não vai para a rua para obrigar o povo a ficar em casa. O meu Exército, que é o Exército de vocês. Então, fiquem tranquilos no tocante a isso daí", disse Bolsonaro, segundo a Folha.


Conforme a Constituição Federal, o presidente da República é o chefe supremo das Forças Armadas. Parece ter sido neste sentido a declaração do presidente ao se referir ao "meu Exército", o que foi melhor explicado em seguida quando disse que o Exército serve ao povo.


Em outra ocasião, o presidente disse que deseja um clima de paz no Brasil, sugerindo que não está observando recíproca por parte de alguns setores da política.


"Eu quero paz, tranquilidade, democracia, respeito às instituições, mas alguns estão se excedendo. O povo vai se conscientizar do que precisa ser feito. Na hora certa, tudo vai acontecer", concluiu o presidente.

Tecnologia do Blogger.
close