Ads Top

"Vamos combater o vírus, mas não de forma burra, ignorante, suicida”, diz Bolsonaro

"Vamos combater o vírus, mas não de forma burra, ignorante, suicida”, diz Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar medidas de lockdown decretadas em vários estados do Brasil, como em São Paulo, estado que entrará para a fase vermelha a partir de sábado, após decisão do governador tucano João Doria (PSDB).


“Não fiquem me acusando de fazer aglomeração. Vamos combater o vírus, mas não de forma burra, ignorante, suicida”, disse o presidente, defendendo que não é com isolamento radical que o vírus será combatido.


Nesta sexta-feira (05), a fala do presidente foi destacada com polêmica na grande mídia por ele ter chamado de "frescura" a reação de alguns governadores. O presidente, contudo, usou a expressão para classificar o que considera uma reação passiva dos gestores. 


Citando uma nota do Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal em sua última live na quinta (04), Bolsonaro disse que o lockdown já se mostrou ineficaz no Brasil. 


“Nós temos que enfrentar os nossos problemas. Chega de frescura e de ‘mimimi’. Vamos ficar chorando até quando? Onde vai parar o Brasil se nós pararmos?”, questionou. O presidente também fez um desafio aos críticos, chamando-os para ir no "meio do povo", a fim de ver a real necessidade e demanda da população no contexto atual.


“Temos que ter coragem para enfrentar os problemas. Já que me foi castrada a autoridade, repensem a política do fecha tudo. Venham para o meio do povo, conversem com o povo. Vamos combater o vírus, mas não de forma ignorante, burra e suicida. Até quando vamos ficar dentro de casa? Até quando vai se fechar tudo? Ninguém aguenta mais isso. Lamentamos as mortes, repito, mas tem que ter uma solução. Eu fui eleito para comandar o Brasil. Espero que esse poder me seja restabelecido”, continuou.

Tecnologia do Blogger.
close