Ads Top

Zambelli: 'Lula é tão ladrão que até a defesa dele é baseada em conversas roubadas'

Zambelli: 'Lula é tão ladrão que até a defesa dele é baseada em conversas roubadas'


A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) voltou a tocar em um ponto que tem sido motivo de críticas por parte dos que defendem a condenação do ex-presidente Lula, que é o uso das mensagens roubadas por hackers em 2019 de autoridades brasileiras, incluindo os procuradores da operação Lava Jato e do ex-ministro Sérgio Moro.


É com base nessas mensagens que a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal julga a suspeição de Sérgio Moro, após a decisão do ministro Edson Fachin, na segunda-feira (08), de anular todas as condenações de Lula no âmbito da Lava Jato tramitadas em Curitiba.


"Pensem num cara tão ladrão, mas tão ladrão, que até a defesa judicial dele é baseada em conversas roubadas", escreveu Zambelli em suas redes sociais. Seguidores da parlamentar concordaram e também questionaram o uso de dados obtidos por meios ilegais.


"Pior de tudo é o STF, o topo do Poder Judiciário se utilizar de provas adquiridas de maneira irregular 'roubadas' onde não se podem precisar que são reais e não adulteradas para acabar com a condenação que já foi dada pela 2° instância", criticou um seguidor.


Tecnologia do Blogger.
close