Ads Top

Bolsonaro acredita que poderá ir além da Constituição: "Esse momento está chegando"

 Bolsonaro acredita que poderá ir além da Constituição: "Esse momento está chegando"


O presidente Jair Bolsonaro não parece nada satisfeito com os rumos tomados pelo poder Judiciário no tocante às garantias individuais dos brasileiros, incluindo a sua. Após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, acatar um pedido do TSE para investigá-lo no inquérito das "fake news", o chefe do Executivo ameaçou reagir "fora das quatro linhas da Constituição".


“O senhor Alexandre de Moraes acusa todo mundo de tudo, bota como réu no seu inquérito. Inquérito sem qualquer base jurídica para fazer operações intimidatórias, busca e apreensão, ameaça de prisão ou até mesmo prisão. É isso que ele vem fazendo", afirmou o presidente em entrevista à rádio 93 FM, do Rio de Janeiro.


Na ocasião, Bolsonaro ainda deu a entender que poderá haver consequências para Moraes caso o ministro continue agindo, segundo o presidente, de forma inconstitucional. "A hora dele vai chegar porque está jogando fora das 4 linhas da Constituição há muito tempo“, declarou.


Bolsonaro então deixou claro que não pretende ultrapassar os limites constitucionais, mas também deu a entender que se a oposição está fazendo isso, incluindo ministros do poder Judiciário, ele terá legitimidade moral e política para agir da mesma forma.


“Eu não pretendo sair das 4 linhas para questionar essas autoridades. Mas acredito que esse momento está chegando. Não dá para continuarmos com um ministro arbitrário, ditatorial, que não respeita a democracia que não leu a Constituição, ou se leu aplica de acordo com o seu entendimento, para cada vez mais agredir não só a democracia bem como fazer atingir os seus objetivos dessa forma”, disse o presidente.

Tecnologia do Blogger.
close