Ads Top

"O STF virou a casa da mãe Joana", dispara Dallagnol ao criticar decisão sobre Lula


O ex-coordenador nacional da operação Lava Jato, Deltan Dllagnol, partiu para o ataque contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Ao criticar uma decisão tomada pelo ministro Ricardo Lewandowski, que beneficiou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esta semana, ele chegou a dizer que a corte virou "a casa da mãe Joana".


"O STF virou a casa da mãe Joana: o min. Lewandowski faz o que quer em favor do ex-presidente Lula (que o indicou ao STF e sempre o elogia), primeiro no Mensalão, depois autorizando entrevistas, depois no triplex, depois na leniência da Odebrecht e agora na Greenfield", disparou Dallagnol.


"Nesta semana, o min. Lewandowski suspendeu monocraticamente a última ação penal contra Lula que corria na operação Greenfield em Brasília, alegando que supostas mensagens da Vaza Jato mostrariam que os procuradores de Brasília teriam sido influenciados pelos de Curitiba", completou o ex-procurador da República.


Dallagnol, que deverá concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados pelo Podemos este ano, argumentou que a decisão do ministro seria um erro.


"A operação abafa ainda está viva e forte no STF, com a mudança de regras no tapetão para anular processos e condenações, favorecendo corruptos e promovendo a impunidade. Essa decisão atropela todas as regras do nosso sistema de Justiça", disse ele.

Tecnologia do Blogger.
close